SEU FILHO RONCA? SINAL DE ALERTA!

20:52




Nada melhor do que uma ótima noite de sono. Dormir bem reflete diretamente na qualidade de vida e saúde das crianças. O ronco é sinal de alerta em qualquer idade, inclusive, nas crianças.

O ronco pode ocorrer nos quadros de rinites, sinusites ou  resfriados. Neste caso, é normal que ele aconteça e, como o tratamento depende da causa, é preciso tratar com medicamentos a doença que causou o problema. O aumento das amígdalas e das glândulas adenoides, órgãos que fazem parte do sistema imunológico, também pode causar a dificuldade de respiração durante a noite e, consequentemente, o ronco.

O ronco não pode ser visto como apenas um barulho na hora de dormir. Por trás, pode estar a apneia do sono, quando a respiração é interrompida e retomada várias vezes, devido à obstrução respiratória. Ou seja, se esse e outros problemas não forem curados, a qualidade do sono fica comprometida e pode gerar danos à saúde. O mais importante é identificar por que a criança está roncando. O que provoca o problema é a obstrução das vias aéreas. E essa obstrução pode ser causada por vários motivos, como alergias - a poeira, por exemplo -, e infecções - na amígdala ou na garganta. O cansaço e a obesidade são outras causas possíveis, pois a musculatura fica mais frouxa e acaba dificultando a respiração. No caso do excesso de peso, a gordura acumulada em volta do pescoço também atrapalha. Outros motivos que podem levar ao ronco é o uso excessivo de chupetas e mamadeiras. Isso porque os bicos podem alterar a arcada bucal das crianças. Esses acessórios tornam o palato (céu da boca) mais profundo e, mudando seu formato, prejudica a passagem do ar.
Crianças sem tratamento adequado podem apresentar alteração do ciclo de sono, sonolência diurna, agitação, déficit de atenção, hiperatividade, alteração de rendimento escolar e irritabilidade. Além disso, a obstrução nasal faz com que a criança respire pela boca. Isso promove uma grande mudança no padrão de crescimento facial e dentário, alterações de mordida, de posicionamento lingual e até de dicção das palavras.




You Might Also Like

0 comentários