MÃE, VOCÊ PODE ESTAR CANSADA

23:15


Depois que você se tornou mãe, por muitas vezes (várias, inúmeras) você com certeza já se sentiu cansada. Arrisco a dizer que todas as mães da face da terra sofreram ou sofrem de exaustão em algum dado momento da vida. Não tem como escapar dele. Mas, se você descobre o quão cansativo é a maternidade, por outro lado descobre que mães dão conta de tudo OU ao menos tentam todos os dias dar.

Achei este texto no  Scary Mommy, um blog que definiu sensivelmente o que sentimos.

Eu parei por apenas um minuto, considerando a necessidade de responder a pergunta dele de forma sincera, ao invés de dar a minha resposta típica que levaria a conversa adiante e manteria tudo na mesma.
“Nada demais, na verdade”, eu disse.
O que era uma mentira.
Então, eu acrescentei “Estou imaginando o que as crianças estão fazendo nos avós.”
O que era menos mentira.
A verdade é que, assim como acontece com a maioria das mães do mundo, meu cérebro está sempre girando. Sempre. Eu não consigo te dizer no que eu estava pensando no exato momento em que ele me perguntou, mas cinco minutos antes?
O hamster estava se mexendo na sua rodinha particularmente mais rápido.
O que foi isso?
Nada. Tudo. Entre todas as coisas…
Eu preciso pegar uma nova rede de contatos antes de sair da cidade na segunda-feira. Será que eu paguei a babá na semana passada? A minha filha não está comendo vegetais o suficiente. Eu perdi meu deadline, de novo. Será que eu estou com problema de ansiedade? Eu preciso verificar isso com o meu médico… O que me lembra, será que o meu filho precisa tomar mais alguma vacina? Eu deveria ligar para o pediatra de qualquer maneira, eu tenho certeza que a pré-escola precisa dos registros atualizados. Será que eu o matriculei para o próximo ano? As crianças precisam de novos uniformes. Ele está crescendo tão rápido.
DROGA, as roupas. Esqueci de colocar as roupas na secadora.
Para anotar: receitas do Google para bebês com vegetais. Adicionar à lista de compras. Ligar para o médico. Falar com o editor. Tirar as roupas da máquina de lavar para a secadora. Mas cheirar primeiro. Pode ser que precise lavar novamente…
Ixi, eu esqueci o meu mais novo. Mal posso esperar para buscá-lo nos avós. Espero que ele tenha se comportado bem hoje.
Foi exatamente tudo isso o que eu pensei quando ele perguntou: e isso é só um pedacinho do iceberg.
Não é que eu não possa dizer a ele essas coisas – eu com certeza posso. Ele é o meu melhor amigo. Ele pode lidar com isso. Eu não disse isso a ele porque, bem…
Porque esse é o cérebro da mãe. O tempo todo. E aparentemente existe até um nome para isso: carga mental.
É por isso que muitas de nós se sentem tão cansadas, apesar do fato de que “tudo o que nós fazemos” é ficar em casa. E quantas de nós ainda trabalham fora de casa também? Meu Deus, essa ideia é extremamente exaustiva para mim.
Você já viu isso acontecer. Você olha para uma amiga que também é mãe, pergunta a ela como ela está se sentindo, e a resposta, “cansada.”
E o problema não é sempre a falta de dormir. Às vezes é, mas existe alguma coisa a mais, não existe? Alguma coisa mais profunda. Meu marido volta para casa do trabalho todos os dias, e eu sinto vontade de aliviar a carga dele. Então eu pergunto a ele como foi o seu dia, porque eu me importo. E porque eu o amo.
E sempre no fundo da minha mente, minha roda de hamster está girando.
Mães, vocês entendem isso, certo?
Porque se nós não lembramos de tirar as roupas da máquina, quem é que vai lembrar? E se nós não nos importarmos com os vegetais, bem, o bebê simplesmente não vai comer nenhum. E as consultas médicas, as compras, as listas dos itens para as férias…
Tudo está na check-list invisível do nosso cérebro.
Essa é a carga mental que todas nós carregamos.
E eu não estou dizendo que isso é ruim ou que nós precisamos de alguma coisa para nos “consertar.” Eu nem sei se nós podemos.
Mas às vezes o suficiente é apenas reconhecer que, ei, isso existe. Existe alguma coisa. Existe uma razão pela qual nós nos sentimos cansadas mesmo quando achamos que nada está sendo feito.
Porque tudo o que não precisa ser feito e tudo o que precisa ser feito está na nossa cabeça – constantemente.
Mamães, vocês são incríveis. Vocês são umas máquinas desgraçadas. Vocês são aquelas colas caras, que custa 20 dólares a unidade, porque mantêm as coisas pesadas juntas, mas permanecendo completamente invisíveis.
Mas talvez nós não precisemos ser assim. Talvez exista alguma coisa que nós possamos fazer.
Que tal a próxima vez que o seu marido, ou amigo, ou parente perguntar, “O que está se passando na sua cabeça?” você dizer a eles. Aliviar a carga. Mesmo que seja só por um minuto.
E se eles olharem para você de uma maneira estranha, apenas estenda a mão para outra mãe. Porque mães entendem.
O fardo pode ser invisível, mas é muito pesado. Então, vamos nos abrir, ser honestos e conversar um com o outro.
Vamos compartilhar a carga.


You Might Also Like

0 comentários