Maternidade Pelo Mundo: Mamãe na África

💙
09 outubro 2015
(Foto: Acervo Pessoal Erika Medeiros)

É com prazer que a partir de agora faço parte do time “Manual de uma Mãe”.
Penso que o que devo fazer nesse primeiro post é explicar quem sou e de onde venho. Afinal como seremos amigos se não nos apresentarmos?

Sou Erika Medeiros, Paulistana, Jornalista e Mãe do Benjamin de 2 anos e 3 meses. Mas como vim parar em Angola (África)?

Conheci meu marido em São Paulo e quando eu tinha 15 anos ele me pediu em namoro e eu não aceitei, mas quando é para ser não tem jeito então 9 anos depois o pedido foi feito novamente e eu aceitei com a certeza que era para casar.

Namoramos 2 anos e 5 meses e nos casamos em novembro de 2008 e em Janeiro de 2009 nós mudamos para Angola. Ele já trabalhava aqui e nosso namoro foi a distância e para ficarmos juntinhos decidi acompanhá-lo.

No começo foi muito difícil para mim porque morei 40 dias em uma casa sem móveis nenhum (nem geladeira, fogão, cama, NADA MESMO). Tínhamos apenas 2 colchões de solteiro e nossa mala.

Tudo que tínhamos enviamos por container do Brasil para Angola (meses antes de casarmos) mas atrasou a entrega e por isso vivi assim esse tempo.

Minha rua era de terra, esgoto corria a céu aberto, não tinha carro nem dirigia, não conhecia ninguém e não trabalhava. Só saía de casa aos finais de semana e durante os outros dias ficava igual uma presa em regime domiciliar. Hoje dou risada mas na época tive uma profunda depressão que só curou com ajuda de Deus, terapia e remédios.

O tempo passou, e nesses quase 7 anos que aqui vivemos eu consegui um emprego, ganhei um carro do maridão (porque aqui não tem trem, metro e os ônibus são poucos e meio inseguros), fiz vários amigos e tive um filho (que nasceu no Brasil mas explicarei o porque em outro post).

Tenho muitos casos para contar, muitas fotos para mostrar e muito o que dizer como é criar o pequeno Benjamin nesse lado do mundo.

Essa sou eu, Erika, mas pode me chamar de Mamãe na África!


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 
Instagram: @mamaenaafrica
Snapchat: mamaenaafrica

2 comentários on "Maternidade Pelo Mundo: Mamãe na África"