Vida sexual depois dos filhos

💙
31 agosto 2015
 

Falar em sexo depois que se têm filhos, vira quase um assunto proibido. Após nove meses gerando uma vida, 40 dias de resguardo, votar a l ativa já não é mais só uma questão de querer. Ela envolve muito mais que isso! Hormônios, cansaço, medo, insegurança e muitos outros pesadelos nos rodeiam. Sem falar na libido, que depois desse carrossel de emoções está lá no pé, não é mesmo?
Elaborei algumas dicas, para que a vida sexual pós filhos não seja tão afetada e você não olhe para a cama somente com aquela vontade de se jogar e dormir!

  • Seja sempre sincera:
A top dez das mentiras femininas é a “estou com dor de cabeça.”, mas eu aconselho usar da sinceridade para uma boa conversa franca, onde você possa expor suas vontades. Apesar de estar cansada, vocês podem ver TV agarradinhos, beijar e abraçar. Melhor um não com jeitinho do que uma mentira mal contada!

  • Deixe o bebê no quarto dele (ou se fizerem o uso de cama compartilhada, saiam vocês):
Não há nada mais amedrontador nos pensamentos maternos do que um filho traumatizado, pois pegou os pais no flagra! Para que isso não aconteça, certifique-se de que o filhote esteja dormindo e/ou, busquem outros locais da casa. Nessa hora é bom ativar o modo criatividade e relembrar os tempos de adolescente!

  • Curta os momentos, beije e diga EU TE AMO!
Depois que os filhos nascem, passamos os dias lambendo a cria, dizendo milhões de vezes o quanto são lindos, o quanto amamos, apertamos, beijamos ... mas, e o marido? Não se esqueça dele! Dê beijos afetuosos de bom dia, bilhetes pela casa, ou um simples torpedo no meio da tarde dizendo “Eu te amo!” faz sim muita diferença na relação do casal!

  • Tenha um tempo só para vocês dois.
Nem que seja quando os pequenos dormem, o ideal é que ao menos uma vez por semana, o casal fique junto como casal. Aqui em casa, por exemplo, no mínimo uma vez por semana, colocamos o Caio para dormir, preparamos algo gostoso para comer, gelamos uma cerveja e assistimos a um filme juntos. Esse é nosso momento, ali, conversamos, rimos, falamos besteiras... Não é preciso de muito, em casa mesmo da para se divertir!

  • Você é linda, do jeito que é:
Depois da maternidade, nossas curvas não são mais as mesmas, estamos quase sempre de pijamas e coque nos cabelos e salão de beleza ( o que é isso mesmo?!), nem pensar! Muitas mulheres ficam com a autoestima no pé, por conta dos quilos extras da gravidez. Maaaaaaaaaas, para tudoo! Você é linda, assim, do jeito que é! Seu marido não está nem aí para os pequenos detalhes! O que vale é o amor, o carinho e o prazer em estar junto de quem se ama!

  • Melhor qualidade do que quantidade:
De que adianta fazer um sexo de 10 minutos por dia se é bem melhor, estar entregue de corpo e alma por uma hora uma vez por semana?! Tudo bem que tem gente que prefere as rapidinhas, mas eu prefiro a qualidade do sexo. Não precisa de hora marcada, data na agenda, mas que é bom, ter um momento calmo e satisfatório, ah isso é!

  • Descubra o que te faz feliz na cama:
Sexo antes dos filhos era maravilhoso, sua vontade já não é mais a mesma e o cansaço parece vencer todas as guerras? Ta na hora de redescobrir o que te faz feliz e o que te anima na cama. Pode ser uma leitura, ver um filme, uma lingerie nova, papo com as amigas sobre o assunto para que elas possam dar dicas, ou até mesmo um passeio pelo sex shop! O importante é você descobrir o faz você feliz!
Se de tudo, nada funcionar, procure ajuda médica! Não é comum, mas algumas mulheres após o nascimento dos bebês ficam com uma baixa hormonal que afeta diretamente no sexo! Daí o médico pode avaliar e medicar direitinho!

Enfim, nunca faça sexo por obrigação! Esse assunto é complicado, mas é uma fase que logo passa! O mais importante é que o casal tenha cumplicidade e saiba respeitar o momento de cada um, assim quando acontecer será sempre maravilhoso!

Um beijo!


Be First to Post Comment !
Postar um comentário